International, Presos Politicos

“O Estado quer nos desmobilizar e cair em frustração” Jordi Cuixart

Dizem que talvez tenhamos que voltar a Madri depois do verão. Estou convencido de que isso não afetaria de maneira alguma a reação à sentença, mas seria um alto-falante para ver o grave atraso democrático que estamos vivendo. Porque continuaremos a defender os postulados políticos que nos trouxeram até aqui. Nenhum ressentimento ou resignação de qualquer tipo.
Por essa mesma razão, qualquer debate que não avance na resolução do conflito é completamente estéril e superficial. Sejamos conscientes de que a repressão procura dividir aqueles que lutam e que todos nós temos que nos esforçar, individual e coletivamente, para manter uma atitude de respeito e empatia uns com os outros.

O presidente do Culturalmnium Cultural, Jordi Cuixart, está preso desde 16 de outubro de 2017, atualmente na penitenciária dos Lledoners (Catalunha). Cuixart é acusado do crime de rebelião por ter demonstrado civicamente e pacificamente em 20 de setembro de 2017 em Barcelona, junto com milhares de outros cidadãos.

https://www.omnium.cat/en/

 

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *